Buscar

Share

Importante: A Resolução da ANVISA Nº052 de 22 de Outubro de 2009 indica a contratação apenas de empresas licenciadas. A LM Química é uma empresa autorizada. Clique nessa mensagem para visualizar nosso certificado.


Características

Existem de 18.000 a 20.000 espécies de formigas no mundo, sendo que mais de 11.000 foram estudadas e descritas. Atuam como predadoras de pragas e outras formigas.


No Brasil ocorrem aproximadamente 2.000 espécies, das quais somente 30 são consideradas pragas urbanas, causando danos estruturais, dermatites, danos a equipamentos elétricos e eletrônicos e principalmente disseminando doenças patogênicas (infecção hospitalar).


Entre as espécies economicamente importantes, sem düvida temos:


  • Lava Pés (Solenopsis spp.), causando danos a agricultura e a saúde püblica;



  • Formiga Carpinteira (Camponotus spp.), causando danos a residências, em peças de madeira e em equipamentos eletroeletrônicos;

  • Formiga Faraó (Monomorium pharaonis), largamente espalhada pelo transporte acidental e apresentando alto risco de transmissão de patógenos devido a velocidade de crescimento da colônia em determinada área;
  • Formiga Acrobática (Crematogaster spp), constróem o ninho diretamente no solo ou sob pedras e outros objetos, quando perturbadas podem morder e picar dolorosamente;
  • Formiga Fantasma (Tapinoma melanocephalum), comumente encontrada em árvores doentes, madeiras em decomposição e tendo como principal característica esta espécie o hábito de se movimentar em fileiras perfeitas, preferencialmente infestando alimento rico em açúcar.

As formigas apresentam comportamento social e necessitam do comportamento do homem para serem dispersadas por longas distâncias, encontrar locais para construção de ninhos e obter farta alimentação.


Tratamento e controle:

Apontada como a praga de maior dificuldade de controle da atualidade devido a sua bioecologia. O trabalho de inspeção deve ser orientado para o período compreendido entre 12 e 20 horas, preferencialmente durante a noite, pois, algumas espécies do gênero Camponotus forrageiam neste período. Dentro do manejo integrado de pragas a ser adotado, o tratamento químico deve observar a característica de fragmentação das colônias. Inseticidas nas formulações concentrado emulsionável raramente conduz a resultados positivos pois, estimulam a divisão das colônias e consequentemente aumento da infestação da área, sendo melhor indicado a consulta de um profissional qualificado.